Conheça o melhor horário para posts nas redes sociais

By 1 de junho de 2015 Notícias No Comments

O Scup acaba de divulgar a quinta edição do estudo “Horários Nobres das Redes Sociais”. De acordo com a pesquisa, o comportamento dos usuários tem mudado os períodos de acesso e também a relevância de algumas plataformas. A análise de mais de 170 milhões de posts publicados no Facebook, no Twitter e no Instagram, no Brasil, em 2014, demonstram que os picos de interação têm migrado para os dias da semana, ao contrário do que ocorria em anos anteriores.

“Antes, as pessoas acessavam mais quando estavam em suas casas, aos finais de semana, via desktop. Agora, com as conexões de dados e os smartphones, elas acessam no dia a dia, no caminho do trabalho para casa e vice-versa. Essa é uma transição importante e as marcas precisam estar atentas a ela”, afirma Soraia Lima, CMO do Scup.

No Facebook, por exemplo, os dias mais importantes passaram a ser terça e quarta, que agora respondem por cerca de 16% do volume de menções, cada um. Antes, quinta e sexta eram os dias mais relevantes. O horário de pico seguiu essa linha, com cerca de 800 mil posts às quartas-feiras, das 11h às 12h. O Twitter também apresentou redução de tweets aos finais de semana – com exceção do domingo à tarde, quando ocorrem os jogos de futebol e os posts ganham peso até por volta das 23h, o que também acontece às quartas. O pico da rede, no entanto, foi às terças, entre 23h e 24h, e às quartas, das 21h às 22h. O microblog tem maior interação no período noturno, com movimentação ganhando força à partir das 17h até o final da noite.

Já o Instagram tem o seu pico as sextas, entre 19h e 20h, possivelmente quando os usuários celebram a chegada do fim de semana e do happy hour. Após esse horário, nas sextas-feiras à noite, as pessoas começam a se afastar das três redes analisadas. O sábado ainda é o dia mais movimentado da rede social de fotos, mas quarta, quinta e sexta registraram aumento de participações nas postagens.

Quando o assunto é aumento no número de publicações, o Instagram foi o que mais cresceu, com alta de 235%, chegando a 5,4 milhões de posts em relação ao ano anterior, quando acumulou 1,6 milhões. O Facebook e o Twitter também apresentaram aumento expressivo, de 144% e 59%, respectivamente. “O estudo é um panorama geral dos três canais analisados, mas cada tipo de público tem um comportamento diferente nas redes sociais. Por isso, é importante identificar, conhecer e analisar a sua audiência específica na hora de criar e aplicar seu plano de marketing de conteúdo”, explica Lima.

O estudo, composto por 50,7% de menções do Facebook, 46,1% do Twitter e 3,2% do Instagram, mostra o aumento de publicações em 2014 e respectiva tendência de crescimento desses números. Os 170 milhões de posts de 2014 representam 97% menções a mais nas redes sociais do que em 2013, quando foram monitorados mais de 86 milhões.

“O aumento do número de posts mostra que os feeds estão cada vez mais cheios e, por isso, é muito difícil prender a atenção dos usuários. Isso se torna ainda mais complicado quando o conteúdo não é de um amigo na rede social, e sim de uma marca. Mapear os dias e horários de destaque é essencial para conseguir entender e conhecer o comportamento dos usuários nesses canais e, assim, pensar em estratégias mais eficazes de relacionamento”, pontua a CMO.

 

 

 

Leave a Reply